Prefeito e equipe do Departamento de habitação participam da pré-seleção na Agehab

09/11/2017 07h38

O Programa Habitacional Financiado com Subsídio é uma parceria com municípios e governo Federal, que facilita o benefício da casa própria que será subsidiada em parte pelo FGTS e governo do Estado


 
Por: Assessoria de Comunicação
 
Participaram da pré-seleção o prefeito Paulo Tucura; Chefe departamento de habitação, André Lopes; assistente social departamento de habitação, Samila Onça; a chefe de Divisão Social da AGEHAB, Sandra Maidana; representante da entiddae Amigos do P.A. Geraldo Garcia, Raimundo Campelo e diretor da Trento - Soluções em Construções, Rauf MarquesParticiparam da pré-seleção o prefeito Paulo Tucura; Chefe departamento de habitação, André Lopes; assistente social departamento de habitação, Samila Onça; a chefe de Divisão Social da AGEHAB, Sandra Maidana; representante da entiddae Amigos do P.A. Geraldo Garcia, Raimundo Campelo e diretor da Trento - Soluções em Construções, Rauf Marques

O prefeito Paulo Tucura e a equipe do Departamento de Habitação, se reuniu na última segunda-feira (6 de outubro), com a equipe do social da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (AGEHAB) para a pré-seleção do Programa Habitacional Financiado com Subsídio de Ribas do Rio Pardo do Jardim Santa Emília I e II.

O Programa Habitacional Financiado com Subsídio é uma parceria com municípios e governo Federal, do Programa Minha Casa Minha Vida, que facilita o benefício da casa própria que será subsidiada em parte pelo FGTS e governo do Estado. Além do subsídio ao financiamento o governo do Estado e os municípios irão investir na infraestrutura do acesso ao empreendimento. O programa incorpora subsídio Estadual ao subsídio Federal no financiamento do FGTS, ampliando e facilitando o acesso das famílias com renda entre R$ 1.300,00 a R$ 3.520,00 a casa própria.

Participaram da pré-seleção o prefeito Paulo Tucura; Chefe departamento de habitação, André Lopes; assistente social departamento de habitação, Samila Onça; a chefe de Divisão Social da AGEHAB, Sandra Maidana; representante da entiddae Amigos do P.A. Geraldo Garcia, Raimundo Campelo e o diretor da Trento Soluções em Construções, Rauf Marques.

Serão construídas 76 casas populares e os critérios da seleção foram: para idosos 5%; pessoas com deficiência 10%; mulher chefe de família 10 pontos; 46 anos ou superior 5 pontos; 26 a 45 anos 4 pontos; 18 a 25 anos 2 pontos; tempo de residência no município, 8 anos ou superior 4 pontos; 4 a 7 anos 3 pontos; 0 a 3 anos 1 ponto; número de dependentes a partir de 3 pessoas 3 pontos e os critérios de desempate da seleção são o maior número de dependentes, maior idade e maior tempo de residência do município.

Confira a relação da seleção: