Terras plantadas em Ribas aumentam 48% em um ano e produtores de diversos estados confirmam o Município como destaque Estadual

15/03/2019 19h03

A quantidade de terras plantadas em Ribas do Rio Pardo aumentaram cerca de 48% em relação ao ano passado. O número foi anunciado durante a segunda edição do Dia de Campo promovido no último dia 14 de março na fazenda Cachoeirinha, localizada a 15 km do perímetro urbano da cidade.


 
Por: Assessoria de Comunicação
 

A quantidade de terras plantadas em Ribas do Rio Pardo aumentaram cerca de 48% em relação ao ano passado. O número foi anunciado durante a segunda edição do Dia de Campo promovido no último dia 14 de março na fazenda Cachoeirinha, localizada a 15 km do perímetro urbano da cidade.

O evento foi realizado pela Prefeitura de Ribas do Rio Pardo através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico em parceria com a MS Integração e com a AF Agronegócios. Aprosoja, Sindicato Rural de Ribas do Rio Pardo, Famasul, e SEMAGRO (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) são algumas das instituições que apoiaram a iniciativa.

Para o Secretário Diógenes Marques, a segunda edição marca o fechamento de um trabalho com duração de 12 meses, em relação ao primeiro evento, promovido em março do ano passado. "Este aumento expressivo de 48% é reflexo do dinamismo da questão comercial de mostrar Ribas do Rio Pardo aos principais nomes e tomadores de decisão no agronegócio". A participação de empresas do setor também foi muito importante, segundo ele, como cooperativas de crédito, empresas de irrigação, comerciantes locais e concessionárias de tratores. A expectativa é ainda maior para o próximo ano. "Queremos chegar aos 40 mil hectares de lavoura."

Rodrigo Ferreira, engenheiro de produção e um dos proprietários da AF Agronegócios, garantiu que é preciso acreditar no potencial que o município tem. Para ele, aquela imagem da cidade de que só havia areia e a pecuária "à moda antiga", não existem mais. "Aqui [na fazenda Cachoeirinha, que pertence ao grupo AF Agronegócios] é prova disso. Temos ferramentas e tecnologia para trabalhar. Ribas não é mais só uma aposta, pois estamos vendo que dá certo."

Cláudio Furukawa, da Copasul Irrigação Valley, que ministrou uma palestra sobre sistemas de irrigação disse que este sistema é um caminho sem volta. "Aqui no evento pude perceber através das consultas do público presente que alguns pecuaristas, que já foram produtores de grão, pretendem retomar a produção devido a isso."

O prefeito Paulo Cesar Lima Silveira, assim como o Secretário, garante que é possível pensar em algo maior para 2020. "Queremos manter o mesmo percentual de acréscimo em relação ao ano passado. Nossa cidade tem todas as condições de ter seu potencial confirmado, devido às condições que oferecemos. É sinal deu que nosso trabalho está dando resultado."