Professores debatem construção do referencial curricular em Ribas

06/08/2018 09h21

Um dos destaques do debate foi a importância da inserção de novas tecnologias em um novo conceito de educação


 
Por: Assessoria de Comunicação
 
Digite a legenda da foto aqui.

Na última sexta-feira (3) os professores das redes municipal e estadual de ensino estiveram reunidos para o segundo dia "D" da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O evento teve como objetivo debater as competências da Nova Base e da construção do Referencial Curricular de Mato Grosso do Sul.

Um dos destaques do debate foi a importância da inserção de novas tecnologias em um novo conceito de educação. Segundo a professora Ana Paula Antônio da Silva, coordenadora da BNCC no nosso município, é preciso mudar o conceito da educação dentro da sala de aula e repensar o papel da tecnologia no auxílio do aprendizado. "O celular, por exemplo, deve ser inserido nas metodologias de ensino e não excluído."

SOBRE A BNCC

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foi homologada em 20 de dezembro de 2017 para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental. Ela serve como referência para a construção e adaptação dos currículos de todas as redes de ensino do país.

As redes e escolas seguem com autonomia para elaborar, por meio do currículo, metodologias de ensino, abordagens pedagógicas e avaliações, incluindo elementos da diversidade local e apontando como os temas e disciplinas se relacionam.

A BNCC e os currículos têm, portanto, papeis complementares: a Base dá o rumo da educação, mostrando aonde se quer chegar, enquanto os currículos traçam os caminhos.